Ironman Brasil 2010: Desafio superado!

A única seletiva da América Latina para a final do Mundial Ironman realizou neste domingo (30), sua décima edição na capital catarinense e contou com a participação de mais de 1500 atletas. A Equipe CE+3 foi representada pelos seguintes FINISHERS:

Rafael Chieza, Ralph Porto, Vitor Gonçalves, Henrique Fernandez, Marcio Gripp.

Dessa vez, pela grandiosidade dessa competição, não houve somente um destaque, somente um resultado excelente, todos os atletas se superaram, e acima de tudo conseguiram colocar na pratica o que estavam há meses se dedicando. “Todos, sem exceção, se superaram, não só na prova, mas nos meses de treino e dedicação. Cada um com suas características individuais, cada um com seu jeito de treinar, mas todos muito focados e aplicados”, disse Neném.

iron3

Nos tempos, Rafael Chieza foi o com o índice mais baixo. Com uma prova redonda, Rafael, fez as três modalidades demonstrando que sabia o que estava fazendo. Em 9h24min foi o primeiro atleta da Equipe CE+3 a cruzar a linha e conseguiu a classificação para o Havaí.

Com vasta experiência nesse tipo de competição Ralph Porto com 9h33min foi o segundo atleta da Equipe a cruzar a linha e também conseguir a esperada vaga. Já confirmado no Havaí, Ralph agora já retorna aos treinos, depois de um Iron muito bem feito e marcando uma das melhores maratonas entre os amadores (3h09min).

Abaixo de 10h, em uma estréia, verdadeiramente não é para qualquer um. Vitor Gonçalves conseguiu essa proeza após uma prova calculada e super bem programada. Alimentação, ritmo e as respostas que o corpo davam deram ao atleta a possibilidade de acelerar e desacelerar o que resultou no tempo de 9h48min.

Henrique Fernandez literalmente curtiu o Iron. Sua tranqüilidade quanto ao ritmo, ou qualquer outra paranóia permitiram que fizesse uma prova tranqüila, dentro do esperado e, mesmo no momento que muitos ficariam em pânico – pneu furou -, ele soube manter o controle. Conclusão: Henrique terminou o Iron para 11h40min.

Já Marcio Gripp com cabeça e coragem superou a barreira do primeiro Iron. Mesmo com um volume um pouco abaixo do esperado nos treinos, Marcio soube dosar e alcançou seu objetivo de FINISHER.

Infelizmente esse IRON teve algumas baixas antes da competição. Ivair Macedo teve problemas particulares e não pode embarcar para Floripa, Tiago Conceição, que prometia uma grande prova, teve uma contusão, assim como Rodrigo Otavio.

RESULTADOS:

Rafael Chieza  —  9:24:14 (CLASSIFICADO PARA O HAWAI)

Ralph Porto  —  9:33:05 (CLASSIFICADO PARA O HAWAI)

Vitor Goncalvez  —  9:48:01

Henrique Fernandez  —  11:40:46

Marcio Gripp  —  12:35:37